Estamos acompanhando a pandemia do coronavírus, COVID-19,  sem precedentes e com impacto em todos os setores do mundo, dentre eles o turismo. O WTTC – World Travel & Tourism Concil lançou no último dia 17 de março, uma carta aberta aos governos, estimando risco para 50 milhões de empregos, dada a exposição nunca vista do turismo mundial. O turismo é o setor que mais emprega no mundo, sendo o terceiro setor da economia mundial, segundo dados da Organização Mundial de Turismo.

Essa crise poderá mudar os fatores de escolha, o padrão de consumo e o comportamento de todos e nossa postura nesse momento irá determinar como seremos avaliados em um novo contexto de mundo.

Sendo assim, a postura de destinos turísticos em redes sociais e outros canais digitais devem seguir as orientações da OMS e do Ministério da Saúde, recomendando aos turistas que adiem suas viagens e que fiquem em casa. O mesmo vale para as páginas individuais dos negócios e empreendimentos turísticos.

Fizemos uma pesquisa em redes sociais de destinos turísticos brasileiros e levantamos práticas adequadas para esse período de crise:

Pernambuco – 17/03/2020

 

Minas Gerais – 18/03/2020

 

Petrópolis – 18/03/2020

 

 

Rio Grande do Norte – 18/03/2020

Ajudar as pessoas a sonhar com a próxima viagem é certamente uma bela contribuição em tempos difíceis.

Mais que nunca é preciso assumir o compromisso coletivo, reduzindo a velocidade de contágio da COVID-19 e minimizando seus efeitos. É importante que cada destino e empreendimento reveja suas práticas e avalie a melhor forma de se posicionar e contribuir nesse período.

 

 

COMPARTILHE:

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.