As tecnologias de Big Data e as técnicas de Inteligência Artificial oferecem um mundo de oportunidades em todos os setores da economia e, principalmente, no turismo. Estamos falando de ter a capacidade de entender as reais necessidades dos turistas, além de possibilitar a otimização dos recursos das cidades, permitindo que a atividade seja mais sustentável com o meio ambiente.

O setor turístico, criador de 1 a cada 10 empregos no mundo, conhece as relevâncias da aplicação das Tecnologias de Informação e Comunicação nas suas áreas de atuação. Como citado oportunamente pela Organização Mundial de Turismo, aplicar a inovação na indústria turística permitirá ao setor continuar na vanguarda em modelos de negócios através da geração de iniciativas associadas à transformação digital, que aumentam o conhecimento dos turistas e melhoram a tomada de decisões.

Em paralelo a revolução tecnológica que todos os setores estão vivendo, existe a chamada revolução social presente em todos nós. Através dos dispositivos móveis, os turistas estão cada vez mais ocupados, mais conectados e em movimento. Através de suas conexões, eles nos deixam rastros para que possamos conhecê-los, o que chamamos “rastros digitais”. Esta informação, aplicada no âmbito da proteção de dados associada, permite as entidades públicas e privadas tomar decisões para o desenvolvimento inteligente dos destinos turísticos, ajudando a obter uma visão 360o do turista de forma a antecipar as suas necessidades e adaptar os serviços públicos a real demanda de visitantes.

A Telefónica, como empresa global de telecomunicações, através da sua empresa Telefónica Tech AI of Things, iniciou há vários anos o caminho de fornecer soluções de acordo com os rastros digitais que nossos clientes nos deixam. De forma anônima, agregada e extrapolada, com o consentimento prévio do cliente, conseguimos criar informações que ajudam na tomada de decisões do negócio.

Nas palavras de nosso diretor Global da Telefónica Tech AI of Things, Gonzalo Martin- Villa, a nossa missão como empresa de tecnologia sempre foi “promover a digitalização de empresas e organizações, para que, utilizando a tecnologia, sejam mais eficientes e competitivas”.

Mas, que informações os turistas nos deixam com suas conexões? Elas são obtidas a partir da análise do comportamento real de turistas nacionais, de dados dinâmicos da rede móvel, sempre de forma anônima, respeitando a proteção de dados, que permitem insights como:

Com base no estudo de variáveis como atividade dos turistas (Aonde eles vão? Locais onde eles se conectam?), tempo de permanência e origem, se pode responder a várias perguntas como as seguintes:

  • Quantos turistas visitaram minha cidade?
  • Quais períodos têm mais fluxo de turistas?
  • Quanto tempo os turistas permanecem no município?
  • Quais as áreas que eles escolhem para passar a noite?

Diante de um turista permanentemente conectado em busca de experiências personalizadas, os insights criados dos dados da rede móvel, junto com tecnologias de ponta como Big Data, Advanced Analytics e IoT, tornam-se aliados essenciais para ajudar o setor de Turismo a entender padrões de comportamento e melhorar a oferta.

Ser capaz de nos aproximar no momento certo, com as informações certas. Ser capaz de prestar serviços de acordo com as reais necessidades dos turistas trará, sem dúvida, vantagens competitivas. Eles nos permitirão ser organizações data-driven, ou seja, instituições onde os dados se tornam um ativo muito relevante para a tomada de decisões, que agora podem ser baseadas em fatos e não mais em inferências.

Para mais informação: https://tech.telefonica.com/

COMPARTILHE:
Sabrina Muñoz

Sabrina Muñoz

Graduação em Administração e MBA Executivo com Orientação em Telecomunicações. Vasta experiência em tecnologias de IoT e Big Data, especializada em aproveitar ao máximo os dados para gerar insights e colaborar com instituições que desejam ser “orientadas pelos dados”. Mais de 15 anos de experiência na área de telecomunicações e serviços digitais, em empresas nacionais e multinacionais, dentro de fora do Brasil, dos segmentos B2B e B2C, com atuação na gestão comercial e de marketing, liderança de equipes comerciais, desenvolvimento de produtos e expansão de mercado. Como atual Gerente Sénior Comercial do mercado Brasil da Telefónica AI of Things, responsável por auxiliar as empresas do ponto de vista técnico e transformação organizacional em prol do uso de tecnologias para a conexão e criação de informações que possibilitem a eficiência dos processos, otimização de recursos e geração de novas fontes de renda. Envolvida em projetos de utilização de insights sobre dados móveis, aproximando as organizações de seus usuários para que possam aprimorar sua oferta e seus negócios. Trabalhou com uma ampla gama de empresas para que pudessem ser mais centradas no cliente (ou no cidadão) nos setores de Transporte, Turismo, Varejo, Mídia OOH e Bancário.